Regras gerais da Primeira Fase do Exame de Ordem : Estratégia OAB
Ricardo Torques -

Regras gerais da Primeira Fase do Exame de Ordem

Olá, futuro advogado.  Hoje escrevo para discutirmos um tema importante para você que irá se submeter ao Exame de Ordem: como funciona a Primeira Fase.

A chamada Primeira Fase do Exame de Ordem compreende uma Prova Objetiva composta por 80 questões de múltipla escolha, com quatro alternativas (A, B, C e D).

A duração máxima da prova, tradicionalmente, é de 5 horas. A administração do tempo é uma questão fundamental e discutiremos a organização da prova mais adiante.

É sempre aconselhável reservar, pelo menos 30 minutos para o preenchimento do gabarito (sem ele sua prova não será corrigida, lembre-se).

Veja a distribuição de questões do último exame:

regras gerais exame de ordem

Essa distribuição é seguida como regra, contudo, em alguns Exames de Ordem temos variações. Por vezes, a FGV faz questões interdisciplinares abrangendo mais de uma matéria na mesma questão.

Em outra oportunidade, a banca reduziu o número de questões do Código de Ética e do Estatuto da OAB.

Lembre-se, é necessário acertar, ao menos, 40 questões  (50% da prova) para ser habilitado para a Segunda Fase.

Embora, segundo entendemos, você não possa ignorar nenhuma disciplina, as normas da OAB,  Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Administrativo, Direito Processual Civil, Direito Penal e Direito do Trabalho representam a parte mais significativa da prova.

Nos últimos Exames essas sete disciplinas representaram 47 questões, ou seja, praticamente 60% da prova.

As outras 10 disciplinas, por sua vez, compõem 40% da prova.
Lembre-se:

regras gerais exame de ordem

CONCLUSÃO: Você não pode deixar de estudar os outros 40% da prova. Logo, estude esses assuntos com foco, notadamente naquilo que é mais incidente em provas.

Em relação às matérias mais cobradas você não tem alternativa a não ser intensificar os estudos!

Portanto, o estudo de primeira fase deve ser com foco em questões, com conteúdo objetivo e direto!

Regras importantes sobre a aplicação do Exame de Ordem

Tradicionalmente, as provas de Primeira e Segunda Fase do Exame de Ordem são aplicadas no período da tarde, das 13 às 18h. O examinando deve comparecer com a antecedência mínima de uma hora.

Somente é permitido o uso de caneta esfereográfica de tinta azul  ou preta, fabricada em material transparente.

É fundamental que o examinando tenha consigo documento de identidade original com fotoSem a documentação adequada, o candidato será proibido de realizar a prova.

Os editais dos Exames de Ordem sempre trazem uma lista dos documentos que serão aceitos para fim de identificação durante a aplicação das provas. Confira a lista completa abaixo:

Carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhosvetc.); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo com foto)“.

Diferentemente do que ocorre na Prova prático-profissional (Segunda Fase), na Prova Objetiva não é permitida nenhuma forma de consulta.

É fundamental estar ciente dessa regra, pois o seu descumprimento acarreta a eliminação do candidato no Exame de Ordem.

É isso aí!

Vou ficando por aqui.

Bons estudos!

Prof. Ricardo Torques

Conheça nossos Cursos Preparatórios para o Exame da OAB.