ENTREVISTA | Fabiana Severo Briskievicz - Aprovada no XXVI Exame de Ordem | Estratégia OAB : Estratégia OAB
Jornalismo -

ENTREVISTA | Fabiana Severo Briskievicz – Aprovada no XXVI Exame de Ordem

 “Não parem de estudar nunca, se não deu certo da primeira vez, vai tentando até chegar lá… O importante é não desistir, com certeza vem o desânimo, vem o cansaço, vem o choro, mas não há vitória sem luta. Quando existe uma luta desesperadora, o sabor da vitória é muito mais saboroso, e foi assim que aconteceu comigo”

Confira nossa entrevista com Fabiana Severo Briskievicz, aprovada no XXVI Exame de Ordem:

Estratégia OAB: Conte-nos um pouco sobre você, para que as pessoas que nos assistem possam te conhecer melhor. Qual o seu nome? Qual sua idade? De onde você é?

Fabiana Severo Briskievicz: Meu nome é Fabiana Severo Briskievicz, tenho 34 anos e sou da cidade de Pato Branco – Paraná.

Estratégia OAB: Já concluiu sua graduação?

Fabiana: Ainda não concluí, estou no 10º período, vou colar grau em janeiro/2019.

Estratégia OAB: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Fabiana: Durante meus estudos para o Exame de Ordem eu parei de trabalhar, ainda estou na faculdade. Parei de trabalhar fora, mas tinha que cuidar dos afazeres do lar e meus dois filhos, e mais a faculdade que sugava minhas energias (rsrsrs). Eu estudava o tempo que eu conseguia me concentrar, pois, pela manhã acordava as 5 horas e estudava até às 6:45 horas, depois, deixava meu filho na escola e seguia para a faculdade, a tarde até organizar meus afazeres e meus filhos já eram 15 horas, era a partir daí que eu sentava para estudar, estudava até às 18:30, fazia um intervalo até às 20:30 e depois continuava até às 23 horas, estudava ao todo umas 7 horas por dia, geralmente no final de semana eu estudava menos, tentava descansar a mente e dava atenção para a família.

Estratégia OAB: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Fabiana: Não. Eu já havia prestado o primeiro Exame deste ano (25º Exame de Ordem), não alcancei êxito na primeira fase, pois foi o tempo em que estava me dedicando ao TCC, havia estudado apenas uma semana para a primeira fase, mas não com o cursinho Estratégia (rsrsrs), comprei um cursinho básico para uma revisão rápida, não dei tanta importância, visto que naquele momento o que era mais importante pra mim era o TCC, pois sem ele pronto e defendido na banca, não poderia colar grau. Fiquei muito triste por não ter conseguido a aprovação de primeira, mas recebi muito apoio e motivação de familiares e amigos, defendi meu TCC e fui aprovada, e com isso fiquei ainda mais motivada e assim mergulhei de cabeça nos estudos para o Exame, e aprendi muito com a professora Daniela Menezes a ter o pensamento positivo e sempre declarava que eu já estava aprovada, eu imaginava meu nome na lista dos aprovados.

Estratégia OAB: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovada?

Fabiana: Na primeira fase eu não acreditava, pois acompanhei a correção do gabarito com o Estratégia e a minha prova era a verde, a qual havia aquele probleminha das alternativas trocadas, antes da correção das 4 alternativas trocadas, eu havia acertado 38, fui e conferi novamente, e quando eu estava conferindo novamente, o professor estava falando na transmissão que a prova verde estava com problemas. Foi nesse momento que parei, respirei e fui ver o que era (rsrsrs), havia acertado duas a mais com essa correção, foi quando fechou as 40 questões, conferi mais umas 5 vezes, e minha reação era de muito choro e alegria tudo misturado, não acreditava até sair o resultado preliminar e ver meu nome na lista dos aprovados. Já na segunda fase eu tinha certeza da peça, mas sabia que nas questões eu não tinha me dado muito bem, mas mesmo corrigindo a minha prova com o espelho da FGV eu consegui visualizar que conseguiria pelo menos 6 pontos, fiquei ali todos aqueles dias na expectativa aguardando o resultado preliminar. E durante esse tempo eu declarava todos os dias que meu nome estava na lista e que eu já estava aprovada, foi quando saiu o resultado, na hora eu não conseguia acessar a página da FGV, tremia igual uma vara verde (rsrsrs), até que consegui acessar e encontrei meu nome, minha reação foi de imediato um grito de “paaasseeeiiiii”, saí correndo abracei meu marido, abracei todo mundo que estava no escritório, e não parava de pular e rir, não chorei, só ria e pulava (rsrsrs), mas a sensação é maravilhosa, é uma sensação de alívio junto com conquista, foi suado, mas valeu a pena.

Estratégia OAB: Os seus colegas de faculdade e amigos que também estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Fabiana: Sim, alguns dos meus colegas de turma conseguiram a aprovação, outros ainda estão tentando. O meu diferencial para a aprovação acredito que foi a dedicação aos estudos, a renúncia de muitas coisas que eu tive que deixar de fazer, exemplo: vida social, redes sociais, reuniões de família, etc… Eu me abstive dessas coisas, não 100 % mas diminuí muito, pois sabia o que eu queria e sabia que se não focasse no meu objetivo, não teria um resultado positivo. E se fosse necessário eu faria isso novamente.

Estratégia OAB: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Fabiana: Minha vida social era ativa, saía com amigos, com a família, era ativa nos afazeres da igreja a qual eu frequento, era muito ativa nas redes sociais, não deixei de fazer tudo isso, mas não fazia mais com frequência, eu preferi focar nos estudos de uma forma que eu pudesse absorver tudo o que eu precisava para a aprovação, pois meu objetivo deste ano era a aprovação no Exame de Ordem e eu iria fazer o meu melhor para alcançar isso, e foi o que fiz, me dediquei muito, todos os dias meu pensamento era de aprovação, não conseguia pensar em não ser aprovada, isso eu descartei da minha vida.

Estratégia OAB:  Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Fabiana: Eu estudei muito através de vídeos aulas, PDFs e resoluções de provas anteriores. A vantagem dos vídeos aulas é que eu conseguia absorver o conteúdo melhor, pois só lendo os PDFs não consigo, a desvantagem é o tempo, pois são vídeos longos, mas mesmo assim eu consegui assistir todas as aulas em que eu apresentava dificuldades para a segunda fase. As vantagens de estudar os PDFs é que é uma complementação dos vídeos, o qual se não compreender bem, tem os PDFs para sanar muitas dúvidas, pois é bem explicativo. E a resolução das provas anteriores é onde se aplica o que aprendeu com os vídeos aulas e os PDFs, e é ali que você aprende, na prática, as vantagens de resolver essas provas é de que você pode ver o que errou, ou seja corrigir seus erros para no dia do real Exame não comete-los novamente, não vejo desvantagens em resolver as provas anteriores.

Estratégia OAB: Como conheceu o Estratégia?

Fabiana: Conheci o Estratégia OAB através do youtube, assistia algumas aulas, mas quando falei para um amigo de turma que iria me dedicar para o Exame, ele me disse assim “compre o cursinho Estratégia OAB, não é muito barato, mas você não vai se arrepender”. Resolvi ouvir ele e seguir seu conselho, e com certeza ele tinha toda a razão, hoje sou muito grata aos professores do Estratégia por serem tão maravilhosos, sempre que eu tinha dúvidas sobre algo, eu mandava mensagem pelo fórum de dúvidas ou até mesmo pelo “Instagram” do professor Paulo Sousa, e ele nunca deixou de me atender, sempre foi muito pronto e super educado, e acho que é isso que conta muito em um profissional, é não ignorar e estar sempre disposto à sanar dúvidas e ajudar a quem precisa.

Estratégia OAB: Uma das principais dificuldades de todo o candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Fabiana: Aiai, eu não sei nem explicar como eu fiz (rsrsrs). Eu tentei seguir o cronograma que a professora Daniela Menezes disponibilizou para os alunos do cursinho, mas não consegui, por que se eu tinha dificuldades em uma matéria eu assistia mais de uma vez aos vídeos, mas consegui assistir todas as aulas, os PDFs eu só lia se tinha dúvidas ao assistir as aulas. Não fazia resumos, foquei muito em exercícios tanto na primeira fase quanto na segunda. Dependendo da aula, se fosse mais curta eu conseguia assistir até 3 aulas por dia, tentava não perder tempo, pois, se eu estivesse fazendo alguma tarefa em casa eu ligava meu computador e ficava ouvindo as aulas, e, as matéria em que eu já tinha algum domínio, eu não dava tanta importância, focava mais no que eu não sabia mesmo.

Estratégia OAB: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Fabiana: Para a primeira fase, minha dificuldade maior era nas matérias de empresarial, direito do trabalho, administrativo e direito tributário, não que eu dominasse as outras matérias, muito pelo contrário, mas eu preferi me ater nas matérias em que eu tinha mais domínio do que essas que eu não tinha, pois as outras apresentam um número maior de questões e então foquei nos pontos que eu não sabia dessas matérias. Para superar as dificuldades eu estudava com os vídeos aulas e a letra de lei.

Na segunda fase, tive sim muitas dificuldades… Mas como a segunda fase se trata de redigir uma peça processual, pra mim não era tão difícil, pois é o que se faz no 9º e 10º período da faculdade, portanto muitas peças estavam frescas em minha memória, e justamente a que caiu no exame eu havia aprendido há alguns dias anteriormente. Não posso dizer que tive dificuldades com a peça, tive dificuldades nas resoluções das questões, em que envolve vários artigos, e não só apenas do Código Civil e Processo Civil, mas também do Código do Consumidor, então eram ao todo uns 3 mil artigos para estudar, fora as súmulas e leis.

Mas graças a Deus deu tudo certo e hoje estou aprovadíssima e muito feliz.

Estratégia OAB: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Fabiana: Na reta final, eu foquei muito em exercícios, tanto na primeira fase quanto na segunda, eu não deixei de estudar, pois acho muito importante estudar até o último dia, sempre tem alguma coisa que você irá aprender ou relembrar e pode ser útil no dia do Exame. No dia anterior ao Exame eu assisti o dia todo as revisões do Estratégia ao vivo através do youtube, foi cansativo? Foi e muito, mas valeu a pena, e como já havia dito, faria tudo novamente.

Estratégia OAB: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Fabiana: Eu aconselho que não parem de estudar (rsrsrs), pois foi o que eu fiz, penso que tudo que o examinando conseguir absorver até o último dia é lucro… Mas é claro, isso depende muito de cada um. Eu descansei a cabeça no sábado à noite antes do Exame, e no dia do Exame, acordei cedo e fui dar uma revisada, pra mim foi útil, estava esgotada, mas precisava fazer isso para me sentir segura.

Estratégia OAB: Para a segunda fase, optou por criar uma peça de qual área do direito? Qual foi sua estratégia na hora de tomar sua decisão?

Fabiana: Optei por Direito Civil, minha estratégia foi justamente o domínio das peças, que para mim era mais importante que as questões, pois acertando a peça, seria uma nota ótima e as questões seriam um complemento para fechar a nota da aprovação, e foi bem isso que aconteceu, fui super bem na peça e acertei poucas respostas das questões, mas foi o suficiente para minha vitória.

Estratégia OAB: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Fabiana: Acredito que os erros que eu cometi em minha preparação foi não ter estudado um pouco mais, poderia ter me dedicado ainda mais, mas nosso corpo tem limites e chegava às 23 horas eu já estava dormindo em cima do notbook, por conta de acordar muito cedo, pois quase todos os dias eu acordava às 05 da manhã para estudar, estudava até às 6:45, arrumava as crianças para ir pra escola e seguia pra faculdade, e a tarde retomava meus estudos, portanto foram dias super cansativos, exaustos, mas quando tudo acaba, você ainda se cobra de que poderia ter sido melhor.

Os meus acertos foram primeiramente de ter adquirido o cursinho Estratégia OAB, pois com a ajuda dos professores, os estudos se tornaram mais fáceis, as aulas motivacionais da professora Daniela são de extrema importância, é nesse momento que você consegue respirar e dar o melhor de si, e também a minha decisão de criar um foco, traçar uma meta e seguir sem olhar pra trás, e não parar até alcançar o objetivo e era assim que eu pensava, e foi assim que eu fiz.

Estratégia OAB: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Fabiana: O mais difícil foi conciliar tudo o que eu fazia antes e tudo o que iria ter de fazer e os meus estudos, pois a partir do momento que você abre mão das suas regalias pra se dedicar à uma meta, teu corpo pede socorro, teu organismo não está acostumado com uma mudança radical, e foi isso que aconteceu comigo. Sou muito ansiosa e perfeccionista, e me sentia muito irritada ao ter que deixar de fazer outras coisas que eram prioridades antes, para ter que sentar em uma cadeira de frente para o computador, livros, e estudar. E quando me sentia assim, logo pensava em minha aprovação e dizia assim “um dia tudo isso valerá a pena”, e hoje que estou aprovada sinto falta dessa rotina, pois foi tão difícil que acabei visualizando essa preparação de uma forma que ampliou ainda mais meu desejo de conhecer e aprender mais sobre essa profissão que é tão linda e precisa, a advocacia.

A minha maior motivação veio de dentro de mim, pois amigos e familiares sabiam o que eu buscava, mas para eles não era tão importante quanto pra mim, pois era o meu sonho que eu estava buscando, e posso dizer que quem me motivou bastante foi meu marido e meus filhos, e acima deles estava Deus, e era a quem eu me socorria todas as vezes que batia o desespero, a dor de cabeça de tanto estudar e o medo… Sentia que ele estava presente em todos os momentos, e serei eternamente grata a ele. Mas também não posso esquecer da professora Daniela Menezes, assistia todos os vídeos de motivação dela e acompanhava ela no Instagram, pra minha aprovação com certeza ela foi fundamental.

Estratégia OAB: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Fabiana: Minha mensagem é que não parem de estudar nunca, se não deu certo da primeira vez, vai tentando até chegar lá… O importante é não desistir, com certeza vem o desânimo, vem o cansaço, vem o choro, mas não há vitória sem luta. Quando existe uma luta desesperadora, o sabor da vitória é muito mais saboroso, e foi assim que aconteceu comigo…

Uma dica que eu deixo é de “todos os dias você declarar para você mesmo(a) que és um(a) vencedora) e que já está aprovado no Exame de Ordem”, criar um pensamento positivo e jamais pensar negativo. Eu escrevi em um papel a seguinte frase: “Eu vou passar no Exame de Ordem de 2018”, e fotografei essa frase e coloquei na tela do meu celular, todos os momentos que eu ligava meu celular eu lia aquela frase, e isso foi se tornando realidade na minha cabeça e eu tinha certeza de que conseguiria, pois quando você pensa positivo, as coisas boas que deseja são atraídas para você, digo isso, pois eu mesma era muito negativa, e a partir do momento que aprendi isso com a professora maravilhosa Daniela Menezes, eu nunca mais pensei negativamente, coloquei em prática e hoje me sinto muito melhor que antes. E com certeza não vou parar por aqui não, tenho muitos sonhos e projetos, mais o importante é você focar no seu objetivo e dar o seu melhor e, ainda, não contar pra ”todo mundo” que fará o Exame, só conte quando for aprovado(a).

ENTREVISTA EM VÍDEO:

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Confira nossos Cursos Online para OAB