ENTREVISTA | Natasha Jablonski Lubchenko - Aprovada no XXVI Exame de Ordem | Estratégia OAB : Estratégia OAB
Jornalismo -

ENTREVISTA | Natasha Jablonski Lubchenko – Aprovada no XXVI Exame de Ordem

“Não desista! Eu por um momento desisti, desacreditei de mim, nesse meio tempo passei por fases difíceis, mas com um empurrãozinho que tive da minha família, mãe e namorado, que me fizeram enxergar que eu devia acreditar e foi exatamente isso que fiz”

Confira nossa entrevista com Natasha Jablonski Lubchenko, aprovada no XXVI Exame de Ordem:

Estratégia OAB: Conte-nos um pouco sobre você, para que as pessoas que nos assistem possam te conhecer melhor. Qual o seu nome? Qual sua idade? De onde você é? Já concluiu sua graduação?

Natasha Jablonski Lubchenko: Meu nome é Natasha Jablonski Lubchenko, tenho 36 anos de idade, sou da cidade de Rio Negrinho, Santa Catarina. Concluí minha graduação em 2010.

Estratégia OAB: Durante seus estudos para o Exame de Ordem, você trabalhava, fazia faculdade e estudava para o Exame (como conciliava?), ou se dedicava inteiramente aos estudos?

Natasha: Trabalhava sim, e essa foi uma das maiores mudanças que tive que fazer para poder estudar. Abri mão de meio período do meu trabalho e, consequentemente, de parte do meu salário. Então passei a trabalhar somente na parte da tarde, estudava de manhã e a noite.

Estratégia OAB: Foi a primeira vez que prestou o Exame de Ordem?

Natasha: Não, foi a 2ª vez. O primeiro Exame de Ordem prestei de imediato quando terminei a faculdade, em 2011 e não tive uma boa experiência, rsrs.. (fui muito mal), agora foi o segundo, mas com gostinho de primeiro!

Estratégia OAB: Qual foi sua sensação ao ver que havia sido aprovada?

Natasha: Nossa, foi demais!! E eu ainda estava sozinha no meu trabalho. Gritei, chorei, comemorei sozinha num primeiro momento. Apesar de que eu estava bem confiante, sempre tem aquele “medinho” que nos ronda, mas foi uma sensação que não lembro de ter sentido alguma outra vez em minha vida. Muito bom, por toda minha caminhada, ter voltado a estudar depois de 8 anos e ter sido agraciada já na primeira tentativa, foi mais do que eu esperava!!

Estratégia OAB: Os seus colegas de faculdade e amigos que também estavam estudando também conseguiram aprovação? Qual você acha que foi seu diferencial para alcançar a aprovação?

Natasha: Como já sou formada há 8 anos, praticamente a maioria dos meus amigos da época da faculdade já estão atuando.

Estratégia OAB: Como era sua vida social durante a sua preparação? Você saía com amigos, família, etc? Ou adotou uma postura radical, abdicando do convívio social para passar o mais rápido possível?

Natasha: Então, não havia como manter vida social. Tive que adotar uma postura quase que radical para manter o foco. Saí poucas vezes, quando realmente estava sentido que precisava daquele momento. Todos os meus amigos me entendiam e me apoiavam.

Estratégia OAB: Que materiais você usou em sua preparação para o Exame? Aulas presenciais, telepresenciais, livros, cursos em PDF, videoaulas? Quais foram as principais vantagens e desvantagens de cada um?

Natasha: Fiz cursos telepresenciais, assistindo as vídeoaulas (sempre mais de uma vez).

Muita, mas muita coisa mudou desde que me formei, então eu sentia muita necessidade de ver e rever, lendo PDF’s também.

Eu tive mais aproveitamento nas vídeoaulas, por vir de anos sem maiores aprofundamentos nas matérias em geral. Depois que a matéria estava clara pelas aulas que assistia, lia os PDF’s.

Estratégia OAB: Como conheceu o Estratégia Concursos?

Natasha: Conheci através do meu namorado que estuda para concursos e já tinha feito alguns cursos pelo Estratégia.

Estratégia OAB: Uma das principais dificuldades de todo o candidato é a quantidade de assuntos que devem ser memorizados. Como você fez para estudar todo o conteúdo? Costumava fazer resumos? Focava mais em exercícios, ou na leitura e releitura da teoria? Como montou seu plano de estudos?

Natasha: Confesso que até agora não sei como consegui dar conta de tudo. Falo novamente, praticamente comecei do zero.

Sim, fazia resumos, mapas mentais, sempre revendo as videoaulas. Para a primeira fase, tudo ficou mais fácil e claro quando comecei, no último mês de preparação, a resolver questões. Estudava a matéria durante a semana e final de semana resolvia as provas dos exames anteriores. Para a segunda fase, na primeira semana foquei somente na teoria, principalmente, no direito material e, depois, fui para a parte prática, mas nunca deixei de lado a leitura dos PDF’s.     

Estratégia OAB: Você tinha mais dificuldades em alguma(s) disciplina(s)? Quais? Como você fez para superar estas dificuldades?

Natasha: Sim, com certeza. Sempre tem as preferidas e as mais “chatas”. No começo foi Direto Administrativo e Direito Constitucional que senti mais dificuldade, mas coloquei na minha cabeça que precisava delas para passar, precisava sentir prazer em estudar todas as matérias. E consegui! No final da preparação para a 1ª fase, elas já estavam entre as minhas preferidas!

Estratégia OAB: A reta final é sempre um período estressante. Como você levou seus estudos neste período? Focava mais na releitura, em resumos, em exercícios, etc ?

Natasha: Fazia de tudo um pouco, mas principalmente revisões e exercícios.

Estratégia OAB: Na semana da prova, nós sempre observamos vários candidatos assumindo uma verdadeira maratona de estudos (estudando intensamente dia e noite). Por outro lado, também vemos aqueles preferem desacelerar um pouco, para chegar no dia da prova com a mente mais descansada. O que você aconselha?

Natasha: Acho que cada um tem seu ritmo. Claro, até pela própria ansiedade você acaba acelerando o ritmo nas últimas semanas. Eu sou daquelas que estudei até na véspera. (21hs do sábado!). Mas a cabeça não para. Não deixava de dormir, isso não! Estudava até certa hora da noite, e depois, cama! Outro dia começava cedo.

Estratégia OAB: Para a segunda fase, optou por criar uma peça de qual área do direito? Qual foi sua estratégia na hora de tomar sua decisão?

Natasha: Optei por Direito do Trabalho para a 2ª fase.

Apesar de termos tido recentemente a Reforma Trabalhista, mas por estar começando praticamente do zero, achei que isso não iria me atrapalhar. Optei por essa matéria, pela menor quantidade de peças e por estar dentre as minhas preferidas.   

Estratégia OAB: Se você tivesse que apontar ERROS em sua preparação (se é que houve), quais seriam? Diga-nos também quais foram os maiores ACERTOS?

Natasha: Como erros, posso dizer que no começo tive muita dificuldade em abdicar das coisas que eu fazia no meu dia a dia, como por exemplo: acesso a redes sociais: facebook, whatsapp, não podemos ficar ligados 24hs a eles.  Aprender a não ligar para a casa bagunçada.

Quanto aos acertos, acredito que seguir uma linha de estudo, traçar um objetivo e, principalmente, ter uma rotina de estudos. Eu mesma procurava fazer um calendário e focar nele, aí você acaba não ficando perdida.

Estratégia OAB: O que foi mais difícil nessa caminhada rumo à aprovação? E qual foi sua principal motivação?

Natasha: O mais difícil foi enfrentar meus medos, no início não acreditava em mim, achei que meu tempo para isso já havia passado. Minha motivação sempre foi o querer algo melhor para a minha vida.   

Estratégia OAB: Por fim, o que você aconselharia a alguém que está iniciando seus estudos para o Exame da OAB? Deixe-nos sua mensagem para todos aqueles que um dia almejam chegar aonde você chegou!

Natasha: Não desista! Eu por um momento desisti, desacreditei de mim, nesse meio tempo passei por fases difíceis, mas com um empurrãozinho que tive da minha família, mãe e namorado, que me fizeram enxergar que eu devia acreditar e foi exatamente isso que fiz.

“Cada caminho tem seu motivo de ser, acredite, confie. E nunca encare isso como uma coisa ruim, pensamento positivo atrai sempre coisas boas.”  

ENTREVISTA EM VÍDEO:

Outras entrevistas em:

Depoimentos de Aprovados

Confira nossos Cursos Online para OAB